Conteúdo

Introdução

Os avanços tecnológicos não param e precisamos, cada vez mais, estar atentos a estas modificações e melhorias. Pensando nisso, nós do Blog Transmitter iremos explicar as diferenças do 5G e do 6G.

O primeiro ponto a ser comentado é que o 6G promete eficiência e velocidade 100 vezes maior que o 5G (isso mesmo, você não leu errado!). Mas tem mais!

O 6G ESTÁ MAIS PRÓXIMO DO QUE IMAGINA

O 5G já foi introduzido em diversos países, porém, não está totalmente difundido. E somando a busca constante por maior velocidade nas redes e a lentidão do 5G em se firmar definitivamente, os profissionais do ramo começarem os trabalhos árduos de criação de redes e desenvolvimento do 6G.

Calcula-se que todo este processo até a comercialização para o grande público levará uma década e tal nomenclatura ainda é temporária, podendo ser modificada a qualquer momento.

A demora se dará, pois certas decisões importantes precisam ser tomadas, como: quais as canais de frequência os provedores utilizarão e quais modelos de licenciamento da ANATEL enviarão para as empresas interessadas.

O 6G terá maior robustez devido às ondas milimétricas. Elas são frequências de alta energia que, além de darem mais velocidade às conexões, propagam a faixa de onda (deixando a rede mais permeável quanto aos obstáculos).

NOS DIAS ATUAIS

Se já se fala em escassez de velocidade de acesso do 4G, seu substituto irá, ao menos por enquanto, dar sobrevida a isso. Até porque o 5G chega a 10 Gbit/s. Pontuando que este é o valor máximo de transmissão e como ocorre com todos os padrões, este equivalente será inferior, mas suficiente para o usuário.

O número de usuários já é gigantesco. Então imagine daqui a dez anos?

Subir para um novo patamar não é luxo, mas sim necessidade. E com trabalhos home office se tornando o “novo normal”, reuniões, uploads e downloads, transmissões de video em alta resolução, não poderão ter atrasos de entregas.

IMAGINE A VELOCIDADE NO FUTURO

Atualmente os mais rápidos modelos de redes de fibra óptica atingem 100 Gbps e o 5G dará a oportunidade do usuário baixar filmes em qualidades impressionantes numa fração de segundos. Agora pense o que vem por aí com o 6G!

Lembrando que, hoje em dia, determinados produtos contam mínima interação com a Internet. Mas, em breve, eletrodomésticos, carros, sistemas inteligentes e outros passarão a integrar com mais vivacidade este modelo online e as empresas responsáveis pela qualidade na velocidade e cobertura da banda larga precisarão estar atentas a isso.

TESTES INICIADOS

A Samsung testou redes sem fio e os resultados foram espetaculares. A velocidade, se comparado com os modelos atuais utilizados no dia a dia é quase mil vezes maior.

E você, sabia das diferenças entre 5G e 6G? Comente com a gente!

Confira outro texto do Transmitter Blog que poderá te interessar: https://transmitter.com.br/isencao-em-estacoes-licenciadas-da-anatel/

Fonte: Digital Fortress of Information